A ideia de contratar um seguro on-line, sem a presença de intermediários, é tentadora, mas pode se tornar uma armadilha. Antes de fechar uma apólice pelo computador ou telefone celular, é preciso muita cautela: o consumidor deve ter a atenção redobrada e ler com muita atenção os termos da cobertura.

Embora essa seja uma opção mais rápida de contratação, é fundamental contar com o apoio de um corretor de seguros habilitado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). Caberá a esse profissional indicar o produto mais adequado ao perfil de cada cliente e fornecer a melhor orientação possível, levando em consideração a relação custo-benefício.

Um fator muito importante, e que deve ser destacado sempre, é relacionado ao fornecimento de informações por parte do cliente. Este precisa entender que não pode, jamais, esconder ou dar informações incompletas, pois tal atitude pode fazer com que a seguradora negue o pagamento dos valores contratados quando o evento – o sinistro – ocorre.

Também é fundamental que se diga que uma resposta correta tem por base o entendimento da pergunta pelo cliente. Por isso o apoio do corretor de seguros é imprescindível. Isso garante que todo o processo de contratação seja seguro.