As alergias são reações exageradas à uma certa substância, uma ativação do nosso sistema imunológico como mecanismo de defesa de forma indevida, causando sintomas desagradáveis e até risco de vida.

8 de julho é o Dia Mundial da Alergia e vamos falar um pouco sobre essas reações que atingem cerca de 35% da população brasileira.

 

TIPOS DE ALERGIAS

As mais comuns são as respiratórias, contribuindo para as rinites, sinusites e asma. Reagem à poeira, fumaças, ácaros, fungos e pelos de animais.

Existem também as alergias alimentares. Alguns exemplos mais comuns dos alimentos que causam as alergias são: amendoim, frutos do mar, carnes e derivados do leite de vaca.

Além dessas, são comuns também as alergias a medicamentos e produtos químicos, alguns podendo surgir ao longo da vida, mesmo em casos onde não haviam reações anteriores.

MANIFESTAÇÃO

As alergias podem se manifestar no sistema respiratório, cutâneo e gastrointestinal. Os sintomas mais comuns são espirros, coceira nasal, falta de ar, inchaço, coceiras na pele, bolhas, descamação, vômitos e diarreia.

DIAGNÓSTICO

O médico irá avaliar o histórico clínico e familiar, solicitar alguns exames laboratoriais e testes para alergias. Para ser diagnosticado, os médicos indicados são os alergologistas e dermatologistas (quando relacionados à pele).

TRATAMENTO

Em uma crise alérgica são utilizados antialérgicos em várias apresentações, varia de acordo com o tipo de alergia e a região afetada, podem ser comprimidos orais, pomadas, inalantes, colírios e em casos mais graves, endovenoso, que possui ação mais rápida.

CUIDADOS

Alguns cuidados básicos podem ajudar na redução das alergias. Mas é importante lembrar que se os sintomas persistirem, é importante buscara ajuda médica.

  • Mantenha os ambientes limpos e arejados, a pele bem hidratada e tome cuidado com cosméticos desconhecidos.
  • No inverno, as alergias respiratórias se tornam mais frequentes devido ao ar seco. Nesta época, é importante também lavar bem os agasalhos e cobertas que possam estar guardados há muito tempo e empoeirados.
  • Se você tem histórico de alergias alimentares, preste atenção ao consumir comidas novas (principalmente as crianças). É importante estar em regiões onde poderá ter acesso a atendimento médico caso haja uma reação alérgica.
  • Mesmo no clima frio, lembre-se de se manter hidratado, bebendo bastante água.

Mantenha-se sempre seguro e com saúde. Conheça as opções de Planos de Saúde da Contaget: www.contaget.com.br