Nessa época digital em que vivemos, em que passamos quase o dia todo olhando para alguma tela, nossos olhos bem que merecem o regalo de algumas palavras impressas. Ao contrário do que muitos pensam, a leitura de um livro não cansa, ela relaxa. Passear os olhos pelas páginas de um livro não causa fadiga, mas relaxamento. Daí o fato de muitos adormecerem com a leitura.

É difícil que alguém adormeça lendo algo como “Romeu e Julieta”, por exemplo, mas se isso acontecer, qual o problema? Relaxe e durma. Seus olhos e sua saúde vão agradecer a fugida da tela do micro, do celular, do vídeo, etc.

Hoje, estudos científicos relevantes demonstram que a leitura atenta de um livro – não importa de qual gênero – proporciona benefícios não só para a mente, mas também para o corpo. Já se sabe, por exemplo, que quem lê tem mais chances de ter uma vida mais longa e com menos enfermidades.

Pesquisas científicas sérias também já evidenciaram que o hábito da leitura de livros – pelo menos três horas por semana – contribui para a melhora da qualidade de vida, pois reduz o estresse, melhora a qualidade do sono, aumenta a capacidade de atenção e concentração, e principalmente diminui o risco de desenvolvimento de doenças como Alzheimer e demência, por exemplo.

Por isso, não perca mais tempo e comece, ou recomece, sua frequência de leituras!