25/10

Dia Nacional da Saúde Bucal

 

25 de outubro é o dia nacional da saúde bucal, o tema traz atenção à prevenção de riscos à nossa saúde que envolve desde a escovação diária até um procedimento cirúrgico.

A nossa boca é o maior canal aberto de contato com o meio externo, estamos susceptíveis à entrada de vírus, bactérias e até insetos, porque não?

Então sem mais delongas, vamos ficar ligados em como cuidar do nosso sorriso e da nossa saúde.

 

Prevenção

A saúde bucal não se limita apenas à escovação correta, prevenção é apenas o primeiro passo.

Além da escovação diária e o uso do fio dental, é importante manter uma rotina de consultas anuais no dentista e cuidados também com alimentos e práticas prejudiciais, como doces, bebidas alcoólicas e tabagismo.

 

Riscos

Mau hálito: Acúmulo de bactérias, alimentos de odor forte, produtos alcoólicos e algumas doenças que afetam o sistema gastrointestinal.

Placa bacteriana: Acúmulo de bactérias normalmente em áreas onde a limpeza é mais difícil.

Tártaro: Quando as placas bacterianas endurecem na superfície do dente.

Gengivite: Inflamação da gengiva por placa bacteriana.

Cáries: Desintegração do dente por higiene inadequada ou por doenças e condições que diminuem a salivação.

 

Cuidados

  • Escovação dos dentes diariamente 2 a 3 vezes ao dia.
  • Uso de fio dental: Ao menos 1 vez ao dia, normalmente antes de dormir.
  • Limpeza da língua com espátula apropriada para retirar a saburra lingual (resíduos que se acumulam na língua de aspecto esbranquiçado).
  • Raspagem dos dentes a cada 6 meses evitam a formação de placas, tártaro e cáries.
  • Evitar o consumo de açúcares e carboidratos.

 

Curiosidades

O fio dental é antes ou depois?

Preferencialmente, antes da escovação para melhor efetivação da limpeza.

 

Tratamento de canal

O canal mal tratado pode trazer prejuízos à saúde, pois se não for bem higienizado e fechado, pode entrar uma bactéria e ocasionar lesões no dente ou até cair na corrente sanguínea, podendo se instalar até no coração e causar uma endocardite.

 

Raspagem dos dentes (limpeza)

Muitos se perguntam por que realizar a limpeza somente de 6 em 6 meses, principalmente quando tem um plano odontológico, relacionando isso à prática deste tipo de modalidade. Mas a verdade é que realizar limpezas excessivas, pode prejudicar o esmalte dos dentes.