Entre as principais ocorrências no seguro residencial estão os Danos Elétricos e Queda de Raio.

O Brasil é o país que mais sofre com quedas de raios e segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o país recebe, em média, 100 milhões de raios por ano, sendo quase 70% com a carga positiva (mais perigosos e destrutivos).

Ao contratar o produto Seguro Residencial, a cobertura por queda de raios já está inclusa nas garantias seguradas. Porém, a cobertura referente aos danos elétricos precisa ser contratada como adicional. O acréscimo financeiro é baixo e ainda garante a tranquilidade e a segurança de que os seus bens estarão protegidos.

No entanto, qual é a diferença entre essas coberturas? Queda de raio é a cobertura específica para o local atingido por raios, enquanto a cobertura de danos elétricos refere-se aos prejuízos causados pela variação de energia – sendo ela ocasionada por raios (fora do local segurado) ou não.

 

Dicas de prevenção e segurança

– Desligue os aparelhos elétricos da tomada

– Evite o uso de chuveiro, torneira elétrica e outros eletrodomésticos, como secador e ferro de passar

– Mantenha as instalações elétricas em bom estado de conservação

– Instale proteções do tipo para-raios, principalmente em imóveis altos

– Não ande de moto, bicicleta ou outros meios de transporte abertos

– Não use celular ou dispositivos móveis como notebook e tablets ligados à tomada

– Não carregue objetos metálicos (são condutores de eletricidade)

– Se estiver na rua, procure abrigo em locais seguros